Filosofia

Idealizado por Bruno Caverna, Corpo Liquido é uma abordagem gestual que propõe a elaboração e a articulação do movimento de forma inovadora. Por abordar a biomecânica humana sob um olhar singular, a proposta tem o efeito de revisar os paradigmas que na nossa relação psíquico-somática.

Corpo Líquido não é uma metodologia que ensina aos praticante uma nova forma de ginástica baseada em séries de exercícios codificados em estruturas fixas e nem tão pouco se resume a uma proposta de reeducação do movimento. O conceito vai além. Partimos da premissa que vivemos em um corpo de origens oceânicas que trasladou através das mais distintas formas até desenvolver nossa atual forma humana. Olhar o corpo humano dentro desse prisma, é a realização de habitar um corpo que carrega um legado evolutivo de milhões anos. Nossa estrutura física é composta de aproximadamente 70% água, um fato tão sabido porém pouco apreciado sem sua total magnitude.  Órgãos, ossos, músculos e todas as outras estruturas anatômicas não são somente abundantemente constituídos de água, mas banhados internamente e externamente por diversos fluidos corporais e complexas soluções aquosas como sangue, linfa, hormônios, urina, saliva, sucos gástricos, etc.  O processo homeostático e o funcionamento metabólico saudável dependem inteiramente do bom funcionamento deste sistema fluido, considerado o pilar de todos os outros sistemas corporais. O sistema fluido nada mais é do que o resíduo oceânico, rítmico e pulsante, ainda presente na nossa fisiologia  –  a base filosófica do gestual CORPO LíQUIDO .  A noção de que metaforicamente carregamos um constante “mar interno” é o portal de acesso e um convite à uma leitura inovadora na maneira que relacionamos com nosso corpo.

Corpo Líquido funciona como um afiado instrumento no refinamento da percepção somática-sensorial. Os benefícios são inúmeros, tendo o denominador comum de todas processos transformadores a relação com a força gravitacional.  O ponto chave para vivenciar a plenitude funcional da biomecânica humana, ou seja, a maximização da eficiência motora ao mínimo de gasto energético e desgaste físico-articular. Nesse processo ganha-se liberdade de ação, poder de movimento, tanto no âmbito físico como no psíquico.

Corpo Líquido tem uma essência somatória pois pode ser agregado e aplicado a quaisquer outras atividades físicas, sempre respeitando a integridade de suas propostas ideológicas.

Por fim, a filosofia Corpo Líquido amalgama uma prática física saudável ao sentido da auto-responsabilidade, servindo como um compasso engrandecedor na  navegação dos recônditos desse misterioso e constante desabrochar que chamamos de “vida”. Uma re-evolução na qualidade de simplesmente “estar”.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: